Já abordamos aqui em nosso blog detalhes de “Como realizar um voo devidamente regulamentado”, para acessar este post basta clicar neste link: http://migre.me/ikiSy. Assim como os carros, os drones também possuem uma legislação que regulamenta e garante a organização e segurança no uso desta técnica, muitos usuários e algumas empresas que comercializam este equipamento não dão importância para esta questão principal, que deve ser o primeiro ponto a ser analisado por um usuário quando decide comprar um VANT. Ao infringir a regulamentação vigente o Código Brasileiro Aeronáutico estabelece para caso de infrações penalidades que vão desde multa até cassação de certificados e habilitações e apreensão. Em novembro de 2012, a agência aumentou o teto da multa por infrações aéreas para R$ 20 milhões.

Portanto, para garantir a integridade da sua empresa e resguardar o investimento relativamente alto que foi realizado, é de extrema importância conhecer e seguir esta regulamentação, a tecnologia VANT cresceu de uma maneira tão rápida que a legislação não foi capaz de acompanha-la, isso não é só Brasil, é uma realidade mundial, ainda há um longo caminho a ser percorrido, porém, o Brasil está caminhando em conjunto com o cenário mundial, já estabeleceu algumas normas, regulamentou dois modelos nacionais para pesquisa e desenvolvimento que é caso das aeronaves da empresa brasileira Xmobots, localizada em São Carlos – SP.

Durante o 2º Workshop promovido sobre o tema nos dias 19 e 20 de fevereiro em São José dos Campos – SP o objetivo foi debater uma proposta para operações não experimentais de aeronaves remotamente pilotadas e discussão da proposta junto aos interessados do setor, ou seja, definir algumas regras para o uso comercial desta técnica.

“A proposta apresentada pela Anac é extremamente simplificada e vai facilitar a operação de vants de até 25 quilos em relação a exigências como manuais e treinamentos de pilotos. As empresas terão mais facilidade para vender e operar comercialmente, fazendo filmagens aéreas, alugar para uso. Antes isso não era permitido”, afirma Antonio Castro, presidente do comitê da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (Abimde).

Segundo a ANAC esta regulamentação entrará em vigor até o final de 2014, isto mostra uma grande evolução no cenário nacional e como esta técnica com certeza será tendência futura nas geotecnologias, para ter acesso às palestras que foram utilizadas neste workshop basta clicar neste link abaixo:

http://download.hezolinem.com/download/fotogrametria/vant/2_workshop_rpas.rar

Se você tiver alguma dúvida ou alguma informação que poderá enriquecer o nosso post, por favor, deixe um comentário que nós responderemos o mais rápido possível, nos vemos no próximo post.

Por Eng. Manoel Silva

Manoel Silva Neto

 

Referências:

http://g1.globo.com/brasil/noticia/2013/09/anac-e-policia-federal-investigam-voos-ilegais-de-drones-no-pais.html

http://mundogeo.com/blog/2014/02/25/anac-apresenta-proposta-de-regulacao-de-drones/_

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here